Sales Popup
Surat, Gujarat
6 hours ago

Guia completo para cultivar hortelã: do plantio à sua mesa

Conheça o passo a passo completo de cultivo da hortelã e saiba como cuidar das mudas da erva de forma totalmente simples e sem sair de casa

hortelã na cozinha

Ação anti-inflamatória e calmante, auxílio no processo de digestão, alívio de irritações no intestino e melhora da saúde bucal. Esses são alguns benefícios da hortelã, uma erva aromática de caule liso, folhas rugosas, sabor refrescante e rica em vitaminas e minerais necessários para uma boa manutenção da saúde, como o ferro, o cálcio e o magnésio. 

Na gastronomia, a hortelã é amplamente utilizada como tempero natural e pode ser incorporada em receitas de chás, sucos, drinks, molhos, sopas, saladas, bolos e sobremesas, além de dar um toque especial a pratos da culinária árabe, como o tabule, o quibe e a kafta

Ufa! Quanta informação! Mas, agora que você já sabe os benefícios e algumas das formas de usar essa famosa erva, que tal separar um espacinho na sua casa para cultivar a hortelã e ter folhas sempre frescas para colocar em prática os seus dotes culinários? Então, não perca tempo. Confira o artigo que preparamos para você! 

Os principais tipos de hortelã

Você sabia que existem diferentes tipos de hortelã? A gente te conta um pouquinho sobre os 3 principais. 

Hortelã comum: A mais popular de todas. Tem um aroma intenso, suas folhas são arredondadas e suas flores podem ter tonalidade rosa ou azul. Em média, atinge cerca de 40 cm de altura. 

Hortelã pimenta: Com folhas pontiagudas ligeiramente aveludadas, atinge de 30 a 100 cm de altura. Ao contrário da hortelã comum, suas flores são roxas. 

Hortelã portuguesa: Tem um aroma menos intenso quando comparada às outras espécies da erva e suas folhas são maiores. Mede de 30 a 40 cm e seu crescimento é mais ereto. 

Como plantar as suas mudas de hortelã

De fácil adaptação, a hortelã pode ser cultivada em qualquer época do ano, desde que tomando todos os cuidados necessários, como adubação da terra, exposição solar e irrigação. Além disso, não requer grandes espaços ou canteiros, podendo ser plantada em vasos. Ideal para quem não tem muito espaço em casa ou mora em apartamento.

O cultivo dessa erva de aroma inconfundível é simples e pode até mesmo ser considerado um processo terapêutico. Confira o passo a passo para cultivar hortelã em casa:

  1. Misture a terra com adubo orgânico, de modo a garantir ao solo os nutrientes necessários para que as mudas de hortelã se desenvolvam adequadamente. 
  2. Escolha um vaso de aproximadamente 30 cm de diâmetro e que tenha furos no fundo, assim a água pode escoar e a terra não ficará encharcada.
  3. No fundo do vaso, coloque pedrinhas ou argila expandida. Elas facilitarão o processo de drenagem.  
  4. Preencha o vaso com a terra e, logo após, coloque as sementes.
  5. Cubra delicadamente as sementes de hortelã com cerca de 2 cm de terra. 
  6. Deixe o vaso em um local onde haja luz solar, direta ou indireta, por pelo menos 5 horas diárias, pois o processo de fotossíntese é essencial para qualquer tipo de planta. Então, não se esqueça, abra as janelas e sacadas, deixe a luz entrar e o ar circular!
  7. Regue a terra diariamente, preferencialmente pela manhã ou no fim da tarde, para que o solo permaneça sempre úmido. Úmido, não ensopado, combinado?

Hora da colheita!

Após as mudas se desenvolverem, você poderá colher as folhas sempre que for preparar um prato especial ou fazer aquele clássico chá de hortelã. A erva atinge, em média, de 30 a 100 cm de altura.  

Lembre-se de sempre manter o ramo principal da erva, assim as folhas rebrotarão e você terá um pé de hortelã em constante desenvolvimento. Além disso, não corte mais do que um terço das folhas em um único dia, pois isto pode estressar a sua planta. 

Cuidados essenciais com sua hortelã

Saiba quais cuidados adicionais ter na hora de cultivar hortelã em casa e garanta que sua planta cresça saudável e forte:

  1. Mantenha o solo bem nutrido para que a hortelã fique bonita e saudável. Assim, certifique-se de adubar a terra uma vez ao mês - caso queira dar um passo a mais no mundo da jardinagem e das hortas caseiras, invista em compostagem, criando o seu próprio adubo orgânico. 
  2. Espaçosa! Essa é a hortelã. Por isso, não é recomendável plantar no mesmo vaso desta erva outro tipo de planta, pois as raízes e caules da hortelã se espalham rapidamente, competindo por nutrientes e água. 
  3. A colheita deve ser feita com as mãos higienizadas. Não utilize facas ou tesouras, pois estes itens podem oxidar as folhas. Após colher, lave as folhas em água corrente e, caso queira armazená-las, seque-as delicadamente com papel toalha e guarde-as na geladeira por no máximo 4 dias para não perder o frescor da hortelã.  
  4. Não se esqueça da poda de manutenção! Ao surgirem flores, folhas e caules murchos, secos, amarelados ou quebrados, pode-os imediatamente, assim sua planta poderá redirecionar energia apenas para as partes que estão saudáveis. Além disso, observe se há caules cruzados ou que enredam a planta, se sim, pode-os também.  
  5. A poda total ou a poda de rejuvenescimento deve ser feita uma vez ao ano, preferencialmente no início da primavera. Para a poda total, pode a hortelã rente a terra com o auxílio de uma tesoura específica devidamente higienizada. Sua muda irá rebrotar e crescer mais forte. Já para a poda de rejuvenescimento, corte 1/2 dos ramos da planta no nível de sua inserção. 

Falta de tempo? Invista em uma horta inteligente! 

De modo geral, a colheita das folhas de um único pé de hortelã pode ser feita por meses, tudo vai depender da saúde da erva e dos cuidados tomados ao longo dos dias.

Mas, se você faz parte do time daqueles que não tem muito tempo para investir na manutenção das plantinhas ou se esquece de regá-las com regularidade, a melhor opção é apostar em uma  horta inteligente. 

Com as box da Brota, por exemplo, você consegue fazer o cultivo de ervas e hortaliças sem esforço.

Ela conta com um sistema de irrigação automática e cápsulas com solo inteligente (oxigenação e pH controlados), você poderá cultivar alimentos orgânicos sem sair de casa e suas refeições ficarão ainda mais saudáveis e práticas. Quer saber mais? Conheça os
benefícios da tecnologia b.Box!   

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados